Os 10 Castelos mais lindos do mundo

Castelos são fontes de inspirações para conto de fadas, lugares de batalhas, fortalezas, esconderijos, guardam muitas histórias e mistérios e além disso, são belíssimas construções e residências para Reis e Rainhas, a sua maioria na época medieval. Você já visitou ou conhece algum castelo? Se sim, qual? Vamos listar hoje os 10 castelos mais belos e lindos do mundo.


1. Castelo de Bran - Romênia: Castelo que ficou conhecido como a residência do famoso personagem da literatura gótica de horror, Conde Drácula de Bram Stocker.  Construído no século XIII, já serviu como fortaleza de defesa contra o Império Otomano em 1378 e também como centro comercial pela sua localização que fica na fronteira entre Transilvânia e Valáquia. Logo após a unificação da Romênia, em 1920, o castelo passou a ser uma das residências oficiais. Em 1956 foi tomado pelo poder comunista e acabou virando um museu. Horários de visitas: alta temporada das 09h às 18h e baixa temporada das 09h às 16h. Preço: 8,50€. Site: http://www.bran-castle.com/

Imagem tirada do site.


2. Alhambra - Granada, Andaluzia - Espanha: um dos principais pontos turísticos e mais belo na Espanha, a Alhambra é mais que um castelo, é uma fortaleza, uma obra de arte e monumento histórico simplesmente riquíssimo em detalhes. Alhambra significa “vermelho” em árabe e leva esse nome devido sua construção ser em tons terrosos.

A maior parte do castelo foi construído nos séculos XIII e XIV quando Granada era dominada pelos Mouros. No século XV, quando os mouros foram então derrotados, o Rei Fernando II de Aragão e sua Rainha Isabel de Castela, tomaram a região e chegaram a alterar a arquitetura para um estilo mais renascentista. Alhambra é dividida em cinco espaços e sua visita pode levar mais de 3 horas. Horários: de outubro a março - 8:30h às 18h e de Abril a Setembro - 8:30 às 20h (todos os dias). Preço: 14 €. Dica: por ser um ponto turístico bem disputado, sugerimos comprar online com antecedência - https://tickets.alhambra-patronato.es/



3. Castelo de Glamis - Escócia: Localizado no norte do Reino Unido, o Castelo de Glamis é considerado um dos castelos com mais segredos e histórias sombrias do país. O castelo foi de fato construído no século XIV, porém há histórias que datam muito antes, no século XI. A propriedade pertence ao Conde e Condessa Strathmore e Kinghorne desde 1372, sendo que uma das filhas foi a Rainha Mãe, Elizabeth. A irmã da Rainha Elizabeth, a princesa Margaret, nasceu aqui. O castelo também serviu de pano de fundo para a peça de Shakespeare, Macbeth. Além de tudo isso, existem inúmeras histórias assombradas sobre o castelo. Visitas: o castelo fica aberto para visitas de Janeiro a Outubro e custa 45 ₤ por pessoa. Horário: das 10h às 17h. Para maiores informações: https://www.glamis-castle.co.uk/your-visit/opening-times/

Imagem: https://visitangus.com/glamis-castle/


4. Castelo de Osaka (Osaka-jo) - Japão: um dos pontos turísticos mais disputados em Osaka e de respeito no Japão, o Castelo de Osaka foi construído no século XVI a mando do general Toyotomi Hideyoshi como um gesto de unificação do Japão que foi devastado pela guerra. Durante muitos anos o castelo foi destruído e em 1931, finalmente o castelo foi reconstruído e reparado, porém devido a Segundo Guerra Mundial em 1945, os bombardeamentos danificaram a torre principal novamente. Somente em 1995 foi aprovado um novo projeto para a reconstrução/recuperação desse símbolo japonês concluindo em 97. Sabe-se que a maioria da construção atual não é original e sim uma reprodução, contendo até elevadores e que em seu interior também possui muitas reproduções, o que é um pouco triste, mas não deixa de ser um símbolo e uma atração belíssima para conhecer. Horários: 9h às 17h. Preço: 600¥ (em torno de R$30,00). Maiores informações: https://www.osakacastle.net/guide


5. Castelo Malbork - Polônia: considerado a maior fortaleza de tijolos no mundo, esse castelo gótico foi construído no entre os séculos XIII e XV pelos Cavaleiros Teutônicos (ordem militar vinculada a Igreja Católica a fim de auxiliar os germânicos feridos nas Cruzadas) e até 1457 foi sede dos mestres da Ordem Teutônica, sendo na época o principal centro de diplomacia, militar, econômico e religioso. Além disso, foi famoso por ser uma das principais bases das Cruzadas e local de torneios, jogos e festas, que atraía cavaleiros de diversos países da Europa. A partir de 1457, tornou-se a residência principal dos reis poloneses. No mês de Julho de todos os anos, acontece o Festival de Cultura Medieval chamada “o cerco de Malbork”, onde acontecem duelos de cavaleiros, shows, espetáculos, concertos, feiras artesanais e comida e arte medieval, uma ótima oportunidade para conhecer e ter uma experiência completa na era medieval. Horários: das 10h às 18h. Preços: 20 pln (Em torno de R$ 27,00). Maiores informações: http://www.zamek.malbork.pl/bilety


Imagem: https://moderntrekker.com/malbork-castle-in-poland/


6. Palácio de Catarina - Rússia: construído em 1717, a mando da Imperatriz Catarina I (não é a Catarina, a Grande) para ser um palácio de verão, localizado há 26 km de São Petesburgo. Porém, teve sua fama real através da Imperatriz mais famosa da Rússia Catarina II, a Grande, que adicionou vários aposentos ao Palácio e trouxe o luxo e a beleza, inclusive a Câmara de Âmbar (sala super famosa por sua decoração de painéis em âmbar e espelhos folheados de ouro). Sua estrutura e arquitetura é basicamente uma mescla entre o rococó, neo-clássico e barroco.

Em 1796, depois da morte de Catarina II, o palácio ficou abandonado e a residência real dos czares passou a ser o Palácio de Pavlovsk, em São Petesburgo. No período da Segunda Guerra Mundial, o palácio foi bem danificado, sobrando basicamente somente sua estrutura, os nazistas também saquearam/pilharam a Câmara de Âmbar, não sabendo a que fim levou, dizem que foi encontrada novamente. Desde 2003, o Palácio encontra-se em restauração, concluindo várias partes. Horários: 12:00 às 19:40 (fechado nas Terças). Preço: 700 RUB ( em torno de R$ 54,00). Maiores Informações: https://www.tzar.ru/objects/ekaterininsky



7. Castelo de Lichtenstein - Alemanha: Localizado na Alemanha, a apenas 60km de Stuttgart, é considerado o castelo típico dos contos de fadas. Apesar de sua primeira construção ser no século XIII, o castelo que conhecemos hoje foi construído no século XIX, entre 1840 e 1842 por Wilhelm I, o duque de Urach, que amava armas/armaduras e quadros e queria um lugar para guarda-los, e assim foi construído esse belíssimo castelo de estilo medieval, inspirado em um romance alemão super famoso chamado “Lichtenstein: Romanstische Sage aus der wuerttembergischen Geschichte” escrito por Wilhelm Hauff. Infelizmente na Segunda Guerra Mundial, o castelo foi danificado, mas logo que a guerra acabou, começaram as restaurações, sendo a última feita em 2002. O castelo já foi usado na filmagem de “Dornröschen”, uma adaptação/versão alemã da “Bela Adormecida”. Para visitas, o castelo fica aberto de Março a Dezembro, normalmente das 10h às 16h (horário alternado de Abril a Outubro - 9h às 17:30) e possui um tour guiado de aproximadamente 30 minutos. Preços: 3 € geral e com o tour guiado 9 €. Para maiores informações: https://www.schloss-lichtenstein.de/en/


Imagem: wikipedia


8. Castelo de Chillon - Suíça: localizado na beira do Lago Léman, em Veytaux e construído sobre um rochedo, esse castelo é o ponto turístico mais visitado na Suíça e um dos castelos mais bem preservados da Europa. Não se sabe exatamente a data de que o castelo foi de fato construído, mas sabemos que os primeiros registros são do século XII e que foi ocupado por muitos anos pela Casa de Savóia e do século XVI a XVIII pelos bernenses.

O castelo foi uma fonte de inspiração para escritores românticos, como Jean-Jacques Rousseau, Victor Hugo, Alexandre Dumas, Flaubert e Lord Byron. Inclusive, Lord Byron escreveu um poema em sua homenagem, chamado O Prisioneiro de Chillon.

Esse castelo também serviu de inspiração para Disney em A Pequena Sereia, seria o castelo do Príncipe Eric. Horários: 10h às 18h, todos os dias. Preços: 13.50 CHF (em torno de R$ 70,00). Para maiores informações: https://www.chillon.ch/en/visit/



9. Castelo Scaliger de Sirmione - Itália: Localizado na região de Lombardia, é um dos castelos mais bem conservados da Itália. Construído lá pelo século XIII, sua primordial função era ser uma fortaleza defensiva e de controle portuário, diz-se que foi construído dos restos de uma fortificação romana.Há uma lenda no castelo que diz que um casal Jovem chamado Ebengardo e Arice residiam no castelo, em uma noite de tempestade, um cavaleiro pediu abrigo e, durante a noite encantando por Arice, invadiu seu quarto, Arice claramente assustada, começou a chorar e então o cavaleiro a esfaqueou. Ebengardo ouviu o grito e logo foi correndo para o quarto de sua amada e a encontrou sem vida. Dizem que ainda hoje, é possível ouvir Ebengardo passeando ao redor do Castelo, em busca de Arice, em noites de tempestade. Horários: 8:30 às 19:30. Preços: 6 €.

Imagem: Wikipedia.


10. 𝗖𝗮𝘀𝘁𝗲𝗹𝗼 𝗘𝗶𝗹𝗲𝗮𝗻 𝗗𝗼𝗻𝗮𝗻: Localizado nos 𝗵𝗶𝗴𝗵𝗹𝗮𝗻𝗱𝘀 (terras altas) na Escócia, esse castelo fica em uma ilha chamada Loch Duich e foi originalmente construído no século 𝗫𝗜𝗜𝗜, como uma fortaleza de defesa contra descendentes dos vikings. Logo após uma batalha no século XIII mesmo, o castelo foi tomado pelo clã 𝗠𝗮𝗰𝗸𝗲𝗻𝘇𝗶𝗲 (alô fãs de Outlander - apesar de ser séculos antes da época da série) e no século XVI, o castelo foi passado para outro clã, os 𝗠𝗮𝗰𝗥𝗮𝗲 (que são os proprietários até hoje)! No século 𝗫𝗩𝗜𝗜𝗜, as tropas espanholas fizeram uma aliança com revolucionários e invadiram o castelo com a 𝗿𝗲𝘃𝗼𝗹𝘁𝗮 𝗝𝗮𝗰𝗼𝗯𝗶𝘁𝗮 (a Escócia queria levar ao trono inglês um representante da família 𝗦𝘁𝘂𝗮𝗿𝘁 para restabelecer o catolicismo - aquela mesma história de séculos que a Escócia sempre tentou colocar um representante católico no trono). Por fim, os espanhóis foram derrotados e o castelo foi reconquistado e demolido. Após quase 200 anos abandonado, a família do clã 𝗠𝗮𝗰𝗥𝗮𝗲, resolveu reconstruir o castelo com o que sobrou, construindo uma réplica do que realmente foi o Castelo de Donan. Atualmente o castelo é usado para casamentos e eventos, Inclusive serviu de cenário para vários filmes como 𝗘𝗹𝗶𝘇𝗮𝗯𝗲𝘁𝗵, 𝗮 𝗘𝗿𝗮 𝗱𝗲 𝗢𝘂𝗿𝗼 (2007) e 𝗢 𝗠𝗲𝗹𝗵𝗼𝗿 𝗔𝗺𝗶𝗴𝗼 𝗱𝗮 𝗡𝗼𝗶𝘃𝗮 (2008). ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ ⠀⠀ 𝗩𝗜𝗦𝗜𝗧𝗔𝗦: Março a Outubro das 10h às 18h e de Novembro a Fevereiro das 10h às 16h. Valores:10£. Site: https://www.eileandonancastle.com/